Gravidez na adolescência.... É a sua hora... de ser MÃE! Headline Animator

sábado, 26 de novembro de 2011

O QUE É O TESTE (exame) DA ORELHINHA?



TESTE DA ORELHINHA



A importância do teste da orelhinha nos bebês recém-nascidos

Todo bebê está submetido a apresentar possíveis problemas auditivos ao nascer ou adquiri-los nos primeiros anos de vida. Com a finalidade de prevenir a deficiência auditiva ou até mesmo de remediar, no caso dos bebês que apresentam surdez congênita, foi criada a lei municipal nº. 3028, de 17 de maio de 2000. Tal lei se refere a um programa de triagem auditiva neonatal que tem como finalidade avaliar a audição em recém nascidos. Esse programa é eficaz no sentido de prevenção e cuidados auditivos, sendo indicado por instituições do mundo inteiro, visando o diagnóstico precoce de perda auditiva, uma vez que sua incidência, na população geral, é de 1 a 2 por 1000 nascidos vivos. Saiba questões importantes em relação a esse teste, como:


Quando deve ser feito? Orienta-se realizar o teste da orelhinha, nos primeiros anos de vida do bebê (3 meses), detectando perdas precoces que possam influenciar no 
aprendizado da linguagem. Geralmente o exame é realizado no berçário em sono natural, de preferência no 2º ou 3º dia de vida. O tempo de duração varia entre 5 e 10 minutos, não tem qualquer contra-indicação, não acorda nem incomoda o bebê. Não exige nenhum tipo de intervenção invasiva (uso de agulhas ou qualquer objeto perfurante) e é absolutamente inócuo. A triagem auditiva é feita inicialmente através do exame de Emissões acústicas evocadas (código 51.01.039-9 AMB).

Como marcar o teste? Procure clínicas que possuem médicos especializados em otorrinolaringologia e procure também o fonoaudiólogo, esses irão encaminhar e realizar o teste da orelhinha, respectivamente.

Fatores de risco para a surdez : Bebê de 0 a 28 dias - História familiar: ter outros casos de surdez na família; - Infecção intra-uterina: provocada por citomegalovírus, rubéola, sífilis, herpes genital ou toxoplasmose; - Baixo peso; - Hiperbilirubinemia: doença que ocorre 24 horas depois do parto. O bebê fica todo amarelo por causa do aumento de uma substância chamada bilirrubina; - Medicações ototóxicas; - Síndromes neurológicas: Síndrome de Down ou de Waldemburg, entre outros.

Mais informações:http://www.brasilescola.com/fonoaudiologia/a-importancia-teste-orelhinha-nos-bebes-recemnascidos.htm

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ NO PRIMEIRO MÊS DE GRAVIDEZ


PRIMEIRA SEMANA DE GRAVIDEZ
O QUE ACONTECE COM O BEBÊ?
O bebê tem uma semana de vida é ainda é microscópico, mas ele já se fixou no útero e começa a produção da placenta que vai fazer com que ele possa passar a ser nutrido e alimentado pelo sangue da mãe e começa a juntar-se no útero algum líquido amniótico que futuramente irá aumentar e ajudar a protegê-lo.






O QUE ACONTECE COM A MÃE?
Ao final dessa semana você deve notar a primeira falta de menstruação, e devido  à implantação do óvulo no útero nessa semana, é possível que você tenha pequenas perdas sanguinolentas, por causa desse processo. Apesar da ausência da menstruação é possível que você sinta desconforto abdominal como uma cólica menstrual, o que significa que o útero está crescendo. Também pode sentir os seios mais cheios e sensíveis, um sono maior que o normal, pode urinar com mais freqüência e aumenta a secreção de saliva com um gosto às vezes um pouco metálico. Com esses sintomas você deve marcar logo uma consulta de pré-natal e passar a não ingerir bebidas alcoólicas ou qualquer tipo de medicamento , nem mesmo um analgésico ou aspirina sem receita do médico que deve ser avisado da suspeita de gravidez


SEGUNDA SEMANA DE GRAVIDEZ

O QUE ACONTECE COM O BEBÊ?
O bebê tem duas semanas e mede apenas um milímetro, não tem ainda aparência humana, é como um disco formado  por três camadas de células que em breve irão formar todos os tecidos e órgãos do bebê. A camada mais interna irá formar o aparelho respiratório e digestivo, a camada do meio formará ossos,músculos,órgãos sexuais,rins e sistema circulatório.A camada mais externa vai formar o sistema nervoso, pelos e pele.


O QUE ACONTECE COM A MÃE?
Em algumas mulheres o mal estar matutino, náuseas, tonturas podem começar a incomodar muito e o aumento da vontade de urinar também podem acabar provocando irritação e mau-humor




TERCEIRA SEMANA DE GRAVIDEZ

O QUE ACONTECE COM O BEBÊ?

O embrião tem 3 semanas e mede pouco mais de 1milímetro. Nessa semana o coração começa a formar-se e logo vai dividir-se em duas cavidades e começar a bater, a princípio  irregularmente. Outros órgãos principais como o fígado, os rins e os intestinos começaram a se formar nessa semana.O tubo neural que conecta o cérebro com a coluna vertebral se fechará e começarão a aparecer como pequenas protuberâncias os braços e pernas.
Os traços faciais também começam a formar-se e as retinas de seus futuros olhos aparecem e mais abaixo já se insinua o pescoço e maxilar que se formaram nas próximas semanas.
 


O QUE ACONTECE COM A MÃE?
Hora de consultar o obstetra e receber as orientações sobre o pré-natal. É importante evitar o consumo de café,guaraná,refrigerantes de cola e tudo que contenha cafeína, já que altas doses da cafeína estão associadas ao aumento de  abortos no primeiro trimestre de gravidez. Drogas, fumo,álcool,remédios sem receitas, tudo pode ser prejudicial no desenvolvimento e formação dos órgãos do bebê,principalmente no começo e até os 3 meses de gravidez. Evite ao máximo expor-se a radiação como o do raio-x durante a gravidez e a qualquer substância química perigosa (Não use tinturas de cabelo e /ou outros produtos químicos) Aumente o consumo de líquidos, dê preferência a água e sucos naturais, consulte o obstetra sobre o consumo de chás e ervas que tenha o hábito de tomar. 










QUARTA SEMANA DE GRAVIDEZ

O QUE ACONTECE COM O BEBÊ?
 O embrião têm 4 semanas e ainda não possui a aparência de ser humano. Ele mede da cabeça ao bum-bum de 2 a 4 milímetros. Esta é uma grande semana para o seu bebê porque acontecem grandes mudanças. O coração está batendo regularmente e começam a se visualizar os membros e os olhos, ainda que estes se encontrem ao lado da cabeça e não na frente. Como os órgãos e os membros ainda estão num período de desenvolvimento recente, eles são muito sensíveis a certas drogas e medicamentos, vírus e bactérias que possam atravessar facilmente a barreira placentária(placenta). Recorda que durante esta etapa deve-se ter muito cuidado, já que a maioria dos defeitos do embrião acontecem entre a 6 e 10 semana.
O QUE ACONTECE COM A MÃE?
Já está grávida há um mês e ninguém com a exceção talvez do seu companheiro pode notar alguma diferença.
Seus seios continuam tensos, inchados e sensíveis. Seu peso pode não ter variado, inclusive você pode ter perdido um pouco de peso devido as náuseas e vômitos. Se você ainda não procurou uma consulta com o médico é mais do que hora de começar o pré-natal. Lembre-se  de evitar ingerir substâncias como álcool, fumo, drogas, medicamentos e reduzir o café ao mínimo, já que altas doses de cafeína estão associadas a interrupções de gestação no primeiro trimestre.(aborto espontâneo) Claro que refrigerantes de cola e guaraná também possuem altas doses de cafeína. Também deve evitar fazer exames de raio-x ou ingerir qualquer substância química perigosa.






Traduzido do site do conselho estatal da mulher e bem estar social do México


domingo, 6 de novembro de 2011

RISCOS DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA



Meninas, que a gravidez na adolescência é um problema todo mundo sabe...problemas com a família...às vezes problemas com o pai do bebê, problemas com o futuro...interrupções nos estudos ...e por aí vai...mas aqui, quero tratar de uma coisa que parece passar em último lugar nessa lista de preocupações...

A gravidez na adolescência é um risco muito grande para a mãe e o bebê!! Qualquer mulher que vai ter um bebê quer ter saúde e que sua gravidez corra tranquila e que o bebê tenha toda a saúde do mundo... Mas uma gravidez na adolescência já vêm com a sombra e a certeza do risco de complicações.... Vocês precisam saber que as complicações na gravidez entre as adolescentes até 19 anos são grandes mas piora quanto menor for a idade da adolescente. A mãe adolescente têm maior morbidade e mortalidade por complicações da gravidez, parto e puerpério. A taxa de mortalidade é 2 vezes maior que entre gestantes adultas. A incidência de RN( recém-nascidos ) de baixo peso é mais que 2 vezes maior que entre adultas, e a taxa de morte neonatal é 3 vezes maior. Entre adolescentes de 17 anos ou menos 14% dos nascidos são prematuros, enquanto entre as mulheres de 25 a 29 anos é de 6% .3 A mãe adolescente também apresenta com maior freqüência sintomas depressivos no pós-parto e está sujeita a outras complicações na gravidez como pré -eclâmpsia e eclâmpsia que podem levar a convulsões, parto prematuro e até morte . A gestante adolescente precisa de um acompanhamento no pré-natal muito mais rigoroso... e por isso precisa correr ao posto de saúde assim que descobre a gravidez, mas infelizmente o que acontece é o contrário...às vezes demora muito mais para "assumir" a gravidez e quando chega ao pré-natal já está com mais de 20 semanas de gestação, que é quando o risco é maior... Sem falar que se engravidaram foi por fazer sexo desprotegido e isso pode significar que há além de tudo existe o risco de ter contraído uma DST que vai prejudicar ainda mais a mãe e o bebê.

Tudo isso deveria ser um alerta vermelho e berrante para que as adolescentes NÂO ENGRAVIDEM!!! Usem a camisinha!! Mas se aconteceu com você ou sabe que uma amiga adolescente está grávida, faça-me um favor... Esqueça o resto dos problemas...adie tudo...mas vá correndo ao médico e cuide-se muito !!! Para que, adolescente ou não, você tenha a benção de ter nos braços a alegria de um bebê saudável e possa como a maioria das mães, curtir as alegrias de uma gravidez sadia e ficar imensamente feliz com a transformação maravilhosa que é ser...Mãe! 

sábado, 5 de novembro de 2011

AGUARDEM ESSA NOVIDADE!!!

MENINAS AGUARDEM...ESTOU PREPARANDO UM DIÁRIO QUE VAI MOSTRAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM O BEBÊ DENTRO DA BARRIGA, E O QUE ACONTECE COM MAMÃE NO MESMO PERÍODO, SEMANA POR SEMANA, DO COMEÇO AO FIM DA GESTAÇÃO INCLUSIVE COM FOTOS COLORIDAS...BREVE...ACOMPANHEM O BLOG!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

QUAL O EXAME MAIS RÁPIDO E SEGURO PARA CONFIRMAR GRAVIDEZ?

 O método mais confiável para diagnosticar uma gravidez é o exame de sangue que vê a dosagem sanguínea de um hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana (hCG). Como costumamos dosar apenas a fração beta do hCG, o exame de sangue usado para diagnosticar a gravidez chama-se beta hCG (BhCG)
 Os níveis de beta hCG começam a subir já com oito dias de fecundação, exatamente após a implantação do ovo (espermatozoide + óvulo) no útero.
 Quais valores do beta hCG indicam gravidez?

- Valores de beta hCG abaixo de 5 mIU/ml são negativos, ou seja, descartam gravidez.

- Valores entre 5 e 25 mIU/ml são indefinidos e podem significar gravidez muito recente, quando ainda não houve tempo do hormônio ser suficientemente produzido para ser detectado no sangue. Nestes casos deve-se repetir o teste após três dias.

- Valores acima de 25 mIU/ml são positivos e indicam gravidez em curso.

Durante os primeiros trinta dias, o valor do beta hCG quase que dobra a cada 24-48 horas, podendo chegar até 150.000 mIU/ml na 10ª semana de gestação. Depois disso, o seu valor cai, estabilizando-se ao redor das 10.000 mIU/ml.

O beta hCG é dosado em laboratórios através de exame de sangue. A maioria das mulheres, porém, prefere métodos mais confortáveis, que possam ser feitos em casa e sem a necessidade de agulhas para colher sangue. Por isso, desde a década de 1970 existem testes de gravidez caseiros, os famosos testes de gravidez vendidos em farmácias. São nada mais do fitas que detectam a presença do beta hCG na urina.
  Como as concentrações de beta hCG na urina são menores que no sangue, os testes de gravidez de farmácia demoram um pouco mais para ficarem positivos. Enquanto o beta hCG sanguíneo pode estar positivo já no primeiro dia de atraso menstrual, os testes com beta hCG urinário são melhores quando feitos após uma ou duas semanas de atraso, para se evitar falsos negativos. Quanto mais tempo se passar após a concepção, maior será o nível de BhCG sanguíneo e, consequentemente, urinário. Após duas semanas de falha do período menstrual, a sensibilidade dos testes de farmácia chega a 99%.
  Em geral, pode-se fazer o teste de gravidez de farmácia já no primeiro dia de atraso menstrual, porém, deve-se ter em mente o risco de um resultado falsamente negativo pela precocidade do exame. Portanto, se o teste de farmácia feito com pouco tempo de atraso menstrual for negativo, é necessário repeti-lo após uma semana, caso a menstruação continue atrasada, logicamente.

Outros métodos para diagnosticar gravidez
Em gestações mais avançadas, podemos identificar o saco gestacional (estrutura que abriga o embrião) a partir da 5ª semana de gravidez através da ultrassonografia transvaginal ou a partir da 7ª semana através da ultrassonografia abdominal. 
 Por incrível que pareça algumas mulheres só procuram o diagnóstico após fases avançadas da gestação. Às vezes, a gravidez está tão evidente que conseguimos identificá-la através do exame físico. Com doze semanas o útero começa a ficar palpável e após 20 semanas já podemos identificar os batimentos cardíacos do feto com o estetoscópio, assim como perceber seus movimentos através da palpação abdominal.
 O diagnóstico precoce da gravidez é importante para se começar logo o atendimento pré-natal. Além do controle da pressão arterial e dos níveis de glicose, o reconhecimento de uma gestação é importante para se evitar ingestão de álcool e medicamentos que possam ser danosos ao feto.
 É sempre bom lembrar que o uso correto dos anticoncepcionais confere uma proteção com eficiência maior que 99%. Se você toma a pílula de forma correta, a chance de ficar grávida é quase nula.

QUAIS OS SINTOMAS DE GRAVIDEZ?



a) Atraso menstrual   

O mais óbvio sintoma de gravidez é o atraso menstrual. Toda mulher em idade fértil, sexualmente ativa, com atraso no período maior que uma semana deve pensar em gravidez. 
Todavia, nem todas as mulheres conseguem identificar facilmente um atraso na menstruação. Há mulheres com ciclos ovulatórios irregulares que, às vezes, ficam até dois meses sem menstruar. Outro problema é o fato de algumas grávidas apresentarem pequenos sangramentos cíclicos nos primeiros meses de gestação, levando-as a pensar que trata-se apenas de uma menstruação mais fraca. Também existe a possibilidade de ocorrer um pequeno sangramento durante a implantação do embrião na parede do útero. Essa implantação ocorre normalmente dez a quatorze dias após a fertilização, mais ou menos na época que a menstruação deveria vir, podendo também causar confusão.
b) Náuseas e vômitos
Um clássico sintoma da gravidez são as náuseas e vômitos durante a 6ª e 12ª semanas de gestação. O quadro tende a ser pior de manhã e melhorar ao longo do dia. As náuseas podem durar até a 20ª semana de gravidez.
c) Seios doloridos e inchados
O beta hCG e o aumento do estrogênio e da progesterona promovem uma estimulação das glândulas mamárias, levando ao aumento do volume dos seios, dor local e o escurecimento do mamilo. Em algumas mulheres estas alterações são precoces, enquanto outras só notam modificações nos seios após algumas semanas de atraso menstrual.
d) Cansaço
Mais comum no primeiro trimestre, a fadiga é provavelmente causada pelo aumento nos níveis de progesterona. Mulheres que praticam exercícios regularmente começam a notar uma diminuição na sua resistência, não tolerando a mesma carga de exercícios que fazia anteriormente. Mulheres sedentárias podem ficar cansadas com esforços pequenos, como subir um lance de escada ou lavar louça.
e) Urina frequente
Uma vontade frequente de urinar, normalmente associado à interrupção do sono e à necessidade de se levantar à noite para fazer xixi, é comum. Isto acontece por alterações do sistema renal, principalmente pelo aumento da excreção de sódio (sal).
f) Outros sintomas de gravidez comuns
- Desejos e aversões alimentares
- Mudanças de humor
- Constipação intestinal
- Azia
- Tonturas
- Dores de cabeça 

- Dor lombar

terça-feira, 1 de novembro de 2011

ABORTO...VOCÊ SABIA QUE...



A maioria dos abortos são realizados quando a gestante está entre o segundo e o terceiro mês de gravidez. A fotografia que pode ser vista acima mostra os pezinhos de um feto no segundo mês da gravidez (8 semanas)entre os dedos da mão de um obstetra. As pernas do feto no segundo mês de gestação são da espessura de um palito de dentes, no entanto já possuem ossos, músculos, joelhos, articulações, dedos bem individualizados.


Pezinhos humanos na 10ª semana de gestação
O feto aos dois meses de gestação já possui ossos, mas eles são moles, dobrando-se à pressão como se fossem de borracha. Eles começam a calcificar-se a partir dos três meses, mas já estavam formados em todas as suas articulações desde muito antes.
Aos dois meses de gravidez o feto já possui praticamente formados todos os órgãos que terá quando for adulto. Possui coração que bombeia sangue, cérebro, fígado, rins, e também pulmões. 

Embora formados, os pulmões não funcionam, pois o feto respira o oxigênio que lhe chega pelo sangue da própria mãe que atravessa o útero, a placenta, o cordão umbilical e chega ao sangue do feto diretamente através do intestino, em vez do pulmão. É por isso que ele não se afoga ao estar mergulhado dentro da bolsa, completamente imerso no chamado líquido amniótico, que é quase que totalmente água. Quando o bebê vier a nascer e o cordão umbilical é rompido, ele deixará de respirar pelo intestino e passará a respirar pelos pulmões, que, no entanto já estavam prontos há muito tempo.
O feto está tão perfeito no segundo mês da gravidez porque a gravidez começa bem antes do que a maioria das pessoas imagina. A gravidez se inicia duas semanas antes do início do atraso menstrual. Isto significa que, quando a gestante percebe que sua menstruação atrasou, ela já estará com quinze dias de gravidez. Quando ela perceber que está com quinze dias de atraso, sua gravidez já terá completado um mês. O coração do bebê começa a bater no vigésimo dia da gestação, isto é, aos cinco dias do atraso menstrual. No segundo mês da gravidez, quando se decidem às maiorias dos abortos, a natureza já teve muito tempo para formar completamente o bebê.


Então eu pergunto será que um aborto, que mata uma criança totalmente formada e arrisca a vida e a saúde mental da mãe, além de ser um crime penalizado na lei.. É UMA OPÇÃO VIÁVEL? 




domingo, 30 de outubro de 2011

SEXO NA GRAVIDEZ E AS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES...



O pênis durante a penetração pode machucar o bebê?
NÃO. O feto está protegido no interior do útero materno e cavidade uterina e envolvido pelo líquido aminiótico dentro da bolsa. Mesmo no caso de uma penetração mais profunda, não existe a menor possibilidade do pênis atingir ou causar algum mal ao bebê. A cabeça do pênis(glande) é macia e amortece o contato com o colo do útero que por sua vez mede menos de meio centímetro e coberto por um "tampão de muco que reforça a segurança para o bebê.
As contrações do útero durante o orgasmo podem provocar um aborto?
NÃO. As contrações provocadas pelo orgasmo não prejudicam o bebê e nem são fortes o suficiente para provocar um aborto. A não ser que a grávida já esteja num processo de aborto com contrações antes da relação sexual pode que com o sexo, eventualmente, as contrações aumentem.
O esperma pode prejudicar o bebê?
NÃO. Se o homem ejacular(gozar) dentro da vagina da grávida, não há possibilidade nenhuma do esperma entrar em contato com o bebê. Existe um mito de que a prostaglandina presente no esperma do homem poderia causar um aborto.Isso somente seria possível se a vagina da mulher recebesse uma quantidade de esperma maior do que 15 ejaculações seguidas num tempo menor do que 1 hora.
Existem restrições para fazer sexo vaginal durante a gravidez?
Só nos casos em que a mulher apresenta sangramentos ou tenha uma ameaça de aborto ou histórico de abortos espontâneos em gravidez no passado. E normalmente nesses casos o médico suspende o sexo vaginal nos primeiros 3 meses da gravidez o que não impede o sexo oral,sexo anal, masturbação ou carícias...
outros casos de impedimento podem ser placenta baixa ou trabalho de parto prematuro.
Quais as posições aconselhadas para as grávidas?
Com a modificação natural do corpo e a evolução da gravidez é importante apenas descobrir as posições mais confortáveis para o casal.

O que eu não posso esquecer de perguntar na primeira consulta do pré-natal?


Você precisa saber...

-Quais os remédios que você pode ou não tomar durante a gravidez? (leve um caderninho e anote as indicações do médico para aqueles pequenos problemas que acontecem e que normalmente você costumava tratar em casa com medicamentos conhecidos como... Dor de cabeça, gripe, coriza e nariz entupido, enjôo e vômitos, azia, dor de barriga, gazes, prisão de ventre, bronquite, dor de dente, dor de garganta, ansiedade e nervosismo, hemorróidas, pressão alta, pressão baixa, cólicas ou pontadas abdominais, e qualquer outra coisa que você queira... anote o medicamento indicado e como tomar)

-Quantas consultas de pré-natal, você deve fazer durante a gravidez?Quantas ultra-sonografias são aconselhadas? Quais as vacinas e exames que são indispensáveis na sua gravidez?...Quantas vezes você deve medir a pressão arterial entre as consultas?

- O que você deve notar ou anotar no dia à dia até a próxima consulta?(ex. freqüência com que urina, enjôos, funcionamento do intestino, inchaços, dores etc...) 

-Quais os sintomas ou coisas que, se acontecer com você, devem deixar você alerta ou levá-la a procurar imediatamente ajuda médica no posto de saúde ou hospital?(Anote!)

-Que tipo de informação sobre o pai do bebê ou a família dele, você deveria saber e ter anotado, que possa vir a ser importante ou necessário para a gravidez ou para as futuras consultas no pediatra do bebê? Aproveite para tirar dúvidas que possa ter sobre as relações sexuais durante a gravidez.

-É necessário que o pai do bebê ou o seu parceiro sexual tome alguma vacina ou faça algum tipo de exame para garantir que ele não possa transmitir nenhuma doença ou DST para você durante a gravidez?

-Se você é adolescente é importante saber quais as possibilidades de você ter um parto normal ou se será necessário uma cesariana. Dependendo da resposta você pode esclarecer suas dúvidas sobre cada tipo de parto.

-Pergunte se existe algum grupo de apoio para adolescentes grávidas no posto de saúde ou no seu bairro, para o caso de você se interessar em participar e trocar idéias e experiências e fazer amizades com outras adolescentes que estão passando pelo mesmo que você.

-Se você for fumante isso irá prejudicar a saúde do bebê e a sua. Se acha que não consegue parar de fumar sozinha durante a gravidez, peça ao médico que inclua você em algum programa de saúde que auxilie fumantes a largar o vício do cigarro ou drogas.

-Ser uma grávida adolescente pode causar uma grave pressão emocional e se houverem problemas familiares adicionados, pode ser que você sofra de stress ou depressão durante a sua gravidez. Não deixe de falar sobre isso com o seu médico, ele pode indicar o melhor tratamento ou medicamento se for o caso...Não sinta vergonha de pedir ajuda ao seu médico... 

Na primeira consulta de pré-natal o que o médico pergunta e examina?





Na primeira consulta o médico vai...

-Querer saber qual foi a data da sua última menstruação para poder calcular a data aproximada do parto e o tempo de gestação que você está no momento da consulta.

-Perguntar sobre o seu histórico médico...As doenças que você teve na infância, alergias, remédios que estava ou está fazendo uso, os exames que você já fez, com quantos anos você menstruou pela primeira vez, etc...

-Verificar a sua pressão arterial e o seu peso para à partir de agora e em toda a sua gravidez fazer o acompanhamento do peso e da pressão arterial, pois a sua pressão deve ser controlada para não subir muito na gravidez e nem engordar muito além dos 9 à 11 kg que são o que é normal se engordar na gravidez para que você e o bebê não corram nenhum risco.

-Fazer perguntas sobre doenças sexualmente transmissíveis que você possa ter tido ou ter e vai examinar os seus seios e examinar a sua vagina, mas não vai fazer nenhum exame de toque, pois não é recomendado apalpar o colo do útero nos primeiros 3 meses de gravidez.

- Passar alguns exames de laboratório para você fazer...Para confirmar a gravidez e garantir que você não tenha anemia ou alguma infecção ou vírus que possa prejudicar a gravidez ou a saúde do bebê.

-Receitar algumas vitaminas que devem ser tomadas durante a gravidez, normalmente ele pode esperar o resultado desses exames que pediu antes de passar as vitaminas.

-Vai dar orientações sobre os medicamentos que você pode ou não usar durante a gravidez

- Dar orientações sobre a alimentação que você deve ter durante a gravidez e o que você deve evitar.

- Pedir que você não fume, não use drogas,não tome nenhum medicamento sem receita médica, etc...

-Vai indicar os exercícios que você pode ou não fazer durante a gravidez

-Vai indicar as vacinas que você deve tomar durante a gravidez

-Vai esclarecer suas dúvidas e dar uma “Agenda” da gestante onde  serão marcadas as consultas do pré-natal e onde todas as informações sobre a sua gravidez( exames que fez,vacinas que tomou, desenvolvimento do bebê,seu peso e do bebê etc...) ficarão anotadas e você não deve perder essa “agenda”de jeito nenhum...Essa “agenda” acompanhará você até a hora do parto na maternidade e você deverá levá-la, à todas as consultas médicas que fizer durante a gravidez, seja no posto de saúde, no pronto-socorro ou consulta particular.Depois do parto essa “agenda” será substituída pela carteirinha ou agenda do bebê.

-Vai indicar que você marque logo uma consulta com um dentista para cuidar de cáries e outros eventuais problemas odontológicos como gengivites etc, pois isso pode afetar a saúde da grávida e do bebê.